terça-feira, outubro 11, 2005

Momentos únicos...


Para inserir os meus caros e dignissimos leitores no contexto deste episódio pura e simplemente único: a minha irmã é professora, e a minha sobrinha entrou este ano na escola...
Expectativas altissimas, a criança terá que ser nada abaixo de... excelente: melhor em comportamento; a mais atenta; melhor aluna; com a caligrafia mais bonita... and so on and so on...
Mas a minha sobrinha e afilhada (como não podia deixar de ser) está a sabotar todos os planos e leis estabelecidas pelos pais. É mesmo a minha menina, à imagem e semelhança da madrinha, cumpre á risca os maus exemplos que lhe tenho dado...
Primeiras impressões do desempenho escolar do diadito: mau comportamento; desorganizada; desatenta; mania que já sabe tudo e dispensa explicações...
Hoje durante uma conversa telefónica com a minha irmã (a dita mãe desta história).
Eu: Oh poupa-me ainda agora começaram as aulas já estás toda alterada... que exagero!!! Dá tempo ao tempo, vais ver como ela se vai adaptar...
Ela: Pronto eu já sabia que era isso que tu ias dizer... vindo de ti nem esperava outra coisa... Mas olha vou-te só dár um exemplo para veres como mãe sofre e como não vai ser fácil com a minha filha... Ontem estava a fazer-lhe ver que tem que estar atenta na escola ouvir o que a professora diz... e tal...
Resposta dela: eu sei mãe! Olha hoje na escolinha aprendemos o i de uva. Vês como sei mãe!!!
Eu: gargalhada estridente...
entretanto até à próxima!

entrelinhas:
tadinha!! com uma madrinha destas como havia a menina de ser normal???!?!?!?
 
d.: aquela criança é exclusiva!!! Pelos vistos os pais e a professora é que não estão a achar muita graça aquela exclusividade dela...
 
A tua sobrinha é imensamente perspicaz... "Uva" dá VINHO...ela estava ja a pensar no produto final (vInho) e voces ainda iam na uva. Pfff pra voces adultos
PS - Obgdo pelos pesames que deixaste no meu blog, por ocasião do meu enésimo aniversario
 
Na realidade tem de se dar tempo ao tempo!!! Pese embora não se deva achar piada a estas coisas quando os "pequenitos" estão por perto, a verdade é que é das fases mais espectaculares! Olha, eu, filho de Professora Primária tambem tenho uma boa:
1 p e 1 a?
Pa
1 t e 1 o?
to
então?!
Pópó!!!!!!!!
Na realidade quem é que mandou o autor do livro pôr um PÓPÓ(carro) perto do PATO?
 
nêgêmê... boa!... ;D
 
"i de uva"????????? ahahahahahahahaha
 
Sei perfeitamente o q passa a tua sobrinha... Eu fui aluno de tios, madrinha, primos e amigos do pai... É do pior. A pressão para ser o melhor... para dar o exemplo aos de mais...
Se há exemplo que eu tenha deixado marcado foi o de como não levar a vida! Foi a minha vingançazinha... hehehe
 
òò menina Entremildes!
...o que acontece à sua sobrinha é dum natural mesmo natural!...
...já ouviu falar daquele (como se chama..?) ALBERTO! isso! Alberto Einstein!!!, pois! ele era um reguila e um traquina de primeira quando puto...
Além disso conhieço cá uma menina...
que quando era pequena lia assim:
-a pêêê-ra é verrr-de!...
-a ba-naa-na é a-mma-re-la!...
-o céé-u é duma côr-que-não-me-quero aqui-lembrare!...
prontsh!
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?