quarta-feira, setembro 21, 2005

Tudo me aparece...


Herpes Labial
O que é o herpes labial?

O herpes labial é uma das infecções herpéticas mais comuns, afectando uma grande percentagem da população portuguesa. (Se for só na população Portuguesa emigro!!!!)
É causado pelo vírus Herpes simplex 1 (HSV-1) ou, menos frequentemente, pelo vírus Herpes simplex 2 (HSV-2).
Manifesta-se, cerca de dois dias após o contágio, por uma sensação de queimadura local, seguida da formação de pequenas vesículas dolorosas, de localização principalmente labial, as quais secam e desaparecem cerca de uma semana depois. Estas vesículas podem surgir noutras zonas da face e na cavidade bucal; ocasionalmente, o olho e a região periorbital podem ser também afectados. Em simultâneo, poderá ocorrer febre e mal-estar geral (de facto o mal estar geral posso testemunhar...).
Transmite-se pelo contacto directo com as lesões das mucosas labial e bucal de uma pessoa infectada e, apesar da aparente resolução espontânea ( a mim foi espontâneo, as vezes a minha espontâneadade irrita-me, definitivamente), é uma infecção recorrente, uma vez que o vírus se mantém latente no organismo. Os sinais podem reaparecer com uma frequência de 1-2 vezes por ano a 1-2 vezes por mês (2 vezes por mês?!?!?!?!!?! oh valha-me Deus!!!!), normalmente com a mesma localização.


Sintomas

Como surge o herpes labial ?
Numa fase inicial, poderão surgir sintomas gerais, como febre elevada, mal-estar e dor generalizada, surgindo depois lesões locais que se caracterizam por:
1. Fase de prurido:sensação de comichão e ardor no local que virá a ser afectado. ( Esta parte, já passei)
2. Fase de vesícula: após um período de edema (inchaço) da pele, formam-se pequenas vesículas muito dolorosas. (Estou nesta fase!!! Pareço um monstro!!!!)
3. Fase exsudativa:as vesículas rompem, juntam-se e formam uma ferida que liberta um líquido muito infeccioso. (Oh my GOD, estou a aguardar para ver....)
4. Fase de crosta:as vesículas começam a secar, originando crostas que se libertam sem deixar qualquer cicatriz. (Que chegue rápido, mas com a experiência que tenho pelo menos 5 dias de agonia ninguem me tira!!!)
Ultrapassada a fase de crosta, o vírus aloja-se no gânglio nervoso mais próximo e aí permanece num estado latente, sem se manifestarem quaisquer sinais e/ou sintomas. (Fica ali coitadinho, sossegadinho até me vir massacrar de novo. Odeio-o!!!!!!)
Periodicamente e por influência de vários factores como, por exemplo:
doenças febris, (não)
exposição solar, (antes fosse, mas também não)
fadiga, (nem por isso)
“stress” emocional, (há pois, deve ser isto, tenho a mania de stressar por tudo e por nada...)
período menstrual, (nop, também não)
há reactivação do vírus, desenvolvendo-se lesões com características e localização semelhantes (recorrência).

Recomendações Gerais

É possível transferir a infecção para outras zonas do corpo, onde poderão igualmente surgir lesões; (Credo!!!!! Deus me livre!!!!!)
Pode haver superinfecção das infecções herpéticas, por exemplo, por bactérias ou fungos; (Também só me faltava mais esta...)
Só o médico poderá fazer um diagnóstico correcto;
Existem hoje em dia novos medicamentos para o herpes que não só permitem o tratamento da infecção activa, como a prevenção das recorrências; (Pois a parte da prevenção é que pelos vistos falhei...)
Só o médico poderá prescrever o medicamento mais apropriado a cada caso. (Já está tratado...)
Parece tão simples na ilustração, não é??? Mas de simples não tem nada...
Fico por aqui a sofrer...
entretanto... até à próxima!

entrelinhas:
bem... como diria uma pessoa q eu cá sei... tas fedida...
 
Enviei-te um e-mail.
E espero que o herpes labial desapareça rapidamente.
Um abraço.
 
Agora não...mas quando passar experimenta dar muitos beijos...optima forma de prevenção. Vais ver que nunca mais aparece.
 
Bocas dispersas acredita que se o remédio fossem beijos podia sofrer de tudo menos de herpes... mas uma coisa tambem é certo quando passar esta droga tenho q me desforrar, lá isso tenho... ;)
 
alguém há-de dizer...
Arre, bendito Herpes
 
Comigo acontece +/- 1 vez por ano, quando aparece o sol de surpresa. Depois, já avisado para o problema, é só manter o protector labial sempre à mão, para contornar este chato problema.

Saudações
 
Zovirax. É o melhor creme e reduz a recidivas.
Aprendi que o herpes é um amigo. Aparece sempre quando te estás a ir abaixo. Ou te alimentas mal, ou dormes mal, ou andas cansada e a precisar de coisas boas. Com o Zovirax, isso cura-se em 2 dias. Pensa positivo e toma vitaminas. :)
 
intiresno muito, obrigado
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?